UMA INVENÇÃO 100 ANOS À FRENTE DO NOSSO TEMPO

UMA INVENÇÃO 100 ANOS À FRENTE DO NOSSO TEMPO

Tesla e o futuro
.

“Toda a sociedade estruturada pelo dinheiro e orientada para o materialismo é uma falsa sociedade.

A nossa sociedade será lembrada, pela História, como o ponto mais baixo do Homem.

Nós temos a inteligência, o saber, a tecnologia e a viabilidade

para construir uma civilização inteiramente nova.”

Queremos fazer?

(Jacque Fresco – Projeto Vênus)

=======================================================

NOTA: Escrevi isto num momento de profunda inspiração e relaxamento. Não levem tudo que é dito ao pé da letra… mas reflita um pouco em sua vida enquanto lê as próximas linhas.

Uma invenção 100 anos à frente do nosso tempo
por Rogério dos Santos
e-mail: rogerio_dos_santos@ig.com.br

Eu poderia introduzir o leitor ao tema, partindo de diversos pontos de vista. Certamente não o faria usando um método midiático. Pois saiba que noventa e cinco por cento do que se produz e se multiplica na internet hoje a respeito de informações sobre este assunto que será tratado aqui, tratam-se de métodos midiáticos. E o método midiático tende a ser tão superficial em relação ao método do entendimento profundo que, em comparação, seria semelhante à artificialidade dos horóscopos diários de jornal em relação à profundidade de entendimento alcançada pela aplicação da astrologia dita séria e realmente interpretativa.

Pois bem, tente imaginar por um instante que você é um sortudo que recebeu um prêmio especial de poder visitar uma biblioteca digital de mesa, do tipo painel star-trek, biblioteca esta que só vai existir para acesso daqui a 88 anos, e este prêmio recebido só lhe permite que você pudesse acessar um único arquivo de texto.

Escolhido “não sei por quem”, este arquivo seria uma revisão histórico-tecnológica que teria por objetivo enfatizar e rever algumas daquelas tecnologias que se tornaram reais neste planeta Terra, antes, agora no século 20 e supostamente no futuro, e quais delas foram as mais impactantes e mais originais para esta civilização “futura”.

Tal artigo, talvez, poderia apresentar o seguinte texto:

“Neste ano de 2101, nos encontramos transitando rumo ao o século 22, que é o momento maior “pisciano” da nossa história, pequeno período este de 16 ciclos extrasolares, o qual dá por encerrado a Era de Peixes, pequeno período este que se iniciou para nós 11 anos atrás.

Estando nós tão próximos de entrar na Era de Aquário, nos faltando apenas alguns poucos anos, muitas revisões históricas tem sido feitas pelos nossos biógrafos autorizados, e esta pretende ser uma revisão das melhores tecnologias que a humanidade desfrutou e tem desfrutado até o presente momento.

Houve, certamente, muitas tecnologias que impactaram nosso progresso e a organização de toda nossa sociedade, desde o super impacto nanotecnológico que exigiu revisão de todos os nossos processos industriais na segunda década do século 21, e que, como todo avanço tecnológico, teve inicialmente seus usos iniciais construtivos e aplicáveis socialmente, e agora já se avalia o quanto de estrago também causou o seu uso indiscriminado e ignorante.

Diferentemente do impacto da fissão atômica na terceira década do século 20, onde o avanço tecnológico, de seus derivados mais recentes, entre eles a fusão nuclear, se deu bem depois de seu uso indiscriminado e letal na modalidade inicial de fissão.

Avaliando nossa sociedade como um todo, e sendo realistas, podemos ver o quanto a tecnologia Tesla fez bem ao período de um século atrás, pois proporcionou eletricidade aos lares de praticamente todos os urbanos, e posteriormente suas redes de linhas distribuição foram adiconando paralelamente também o uso de outros cabos para comunicações e para operação eletrônica de dados e mídias de interação. Além das bobinas dos motores, que pode ser considerado a maior das invenções de Tesla, a própria lâmpada que, na época teve suas versões incandescentes, fluorescentes, mercúricas e tubulares, todas baseadas nas idéias originais de Tesla, serviu para a iluminação deste vigésimo primeiro século de transição, porém hoje foram substituidas por micro-fios reatômicos próativos, aplicados em camadas nas paredes antes da tintura de coloração primária.

Porém, para nossa sociedade atual, já em vésperas da Era de Aquário, a tecnologia que tem tido mais aplicações e mais tem se alastrado e impactado nossa dinâmica social sem dúvida é a dos reatores plasmáticos de núcleo tórus, tecnologia esta que se espalhou tanto e se miniaturizou tanto que até se pode afirmar que nossa sociedade é totalmente dependente destes para tudo, do mesmo modo como os veículos motorizados de a um século atrás dependiam de um conjunto de velas de ignição para seus funcionamentos.

Nesse sentido, consideramos a inteligência de M. K. Tavakoli como sendo o principal responsável por esta revolução tecnológica, cujas teorias e patentes de invenção foram registradas e divulgadas cerca de 90 anos atrás, no período entre 2004-2011, e que teve um desenvolvimento muito tímido até alcançar, pelos idos de 2032, aplicações tão essenciais que acabaram por nos fazer totalmente dependentes destes mini-reatores ou reatores de tamanho médio, os quais, resumidamente falando, anipulam elementos químicos básicos, principalmente gases, em combinação com elementos reativos especiais que atuam de modo semelhante aos elementos radioativos mais pesados, porém praticamente sem os consumir durante o processo.

Hoje, até meninos e meninas sabem construir estes aparelhos, estes reatores, do mesmo modo como a geração em rede da segunda e terceira décadas do século 21 sabia tudo sobre como funcionava a fissão nuclear, porém sem nunca usá-la de modo destrutivo, até porque o acesso ao urânio, plutônio e césio sempre foi muito restrito pelas autoridades.

Tal como ocorreu anteriormente com relação à Tesla, M.K. Tavakoli, também conhecido globalmente como “o pacifista indepentende Keshe” e também “o pioneiro dos programas espaciais independentes”, não teve seu reconhecimento público de genialidade senão depois de 50 anos de apresentação pública, mas Tavakoli pode ser considerado como o gênio do século 21, devido à abrangência que suas visões globais e sua tecnologia tem alcançado em todos os ramos da nossa sociedade atual.

Demorou mais de um e meio ciclos extrasolares, até que sua primeira patente de outubro de 2005 fosse publicada, e demorou ainda cerca de 9 a 15 outros ciclos para que fosse efetivamente entendida, aplicada e testada pelos primeiros cidadãos independentes fora dos círculos científicos, e o processo de aceitação foi lento, só expandido depois de 2039, com uma série de aplicações positivas surgindo e comprovando definitivamente e reafirmando positivamente as idéias e teorias originais de Tavakoli.

Com base no que vemos destes reatores em uso, em diversos tamanhos, na nossa sociedade atual, podemos dizer que o século 21 foi, tecnologicamente falando, o século de Tavakoli”.

————————————
Fim do texto supostamente futurista.

=======================================================
MENSAGEM:

Caro leitor, depois de ler este texto, que parece ter vindo de um prefácio biográfico póstumo e longínquo no futuro, escrito num futuro que ainda nos é distante, fica a pergunta se você é capaz de “acreditar” no que tudo isto significa e representa para nós hoje.

Basicamente, a mensagem que se passa nestas linhas acima é:

“Bem, vocês estiveram tão ocupados com velharias às quais insistiam em manter consigo até que caducassem de modo natural e espontâneo, que NÃO VIRAM o ” novo ” chegando !”

É básicamente isto que está acontecendo hoje com A nossa sociedade.

Somos ignorantes não quando nos falta conhecimento, mas sim quando temos conhecimento vindo para nós a partir de todos os lados e… Não fazemos nada para aplicá-lo !

Tal como quando o nosso corpo manda mensagens baseadas em dor e em dificuldade de manejo e de locomoção, e Não escutamos tais mensagens vindas até nosso cérebro a partir de todos os nossos póros, nossas células e órgãos, e vindo de tantas maneiras diferentes,

e, apesar da dor, do desconforto e do sofrimento, NÃO FAZEMOS NADA para que o quadro aflitivo mude de ‘ruim’ para ‘saudável’, deixando assim que a atrofia e a estagnação vá tomando conta dos nossos órgãos e músculos, até uma total paralisia da experiência.
Em alguns casos, pode resultar na paralização das funções vitais, encerrando o nosso ciclo de vida física.

Pense se não é assim que temos tratado a vida, os problemas do nosso bairro e do nosso mundo. Pense se não é esse “deixar a vida rolar” e “sem preocupação quanto ao futuro” que está estragando tudo em nossa vida, e está estragando toda a nossa sociedade.

O que fazemos? Nós ignoramos, e portanto, agimos como ignorantes, não por falta de conhecimento e de informação – que chega até a ser excessiva -, mas por que, com a informação vindo e o verdadeiro conhecimento das criações no universo chegando até nós, Não o valorizamos e Não nos dedicamos a afastar um pouco para o lado as loucuras do lixo mental, midiático e tão facilmente acessível, a fim de nos dedicarmos a algo realmente importante, útil e interessante, quanto é a questão do funcionamento destes reatores plasmáticos de núcleo tórus, ou seja qual for o nome que a posteridade venha a dar para esta invenção tão promissora.

Tudo, praticamente tudo mesmo, encontra-se disponível à nós, na Internet, mas nós pegamos dela somente aquilo que estamos interessados em sorver.

O primeiro passo está no interesse, no envolvimento, no discernimento e na compreensão tecnológica, que é gradativa, mas é absolutamente profunda e impactante.

E quantos de nós encontram-se, já agora, dando estes primeiros passos?

Já não deveria ter, já hoje, quase uma dezena de fóruns “brasileiros” procedendo traduções e reavaliações destas patentes tecnológicas (especialmente a 1770717)? … e grupos organizados, realizando discussões febris, em claro português, sobre os modos de construção e de funcionamento de tais mini-reatores?

Pense no quanto do futuro você Deseja trazer para o seu presente tempo atual, e passe a assumir o Seu papel definitivo nesta revolução de pensamento e de atitudes.

Ou então, fique para trás, e vá ler as principais notícias do dia…

. . .

Nota: Todas as patentes européias completas, de invenção, encontram-se disponíveis para download na Internet, no idioma inglês.

=======================================================
Este artigo foi postado pela primeira vez na comunidade tecnologia alienígena do orkut.

6 comentários sobre “UMA INVENÇÃO 100 ANOS À FRENTE DO NOSSO TEMPO

  1. Se puderem,mantenham-me atualizada de alguma novidade se surgir algum grupo para discutir sobre esses reatores plasmáticos de núcleo tórus de Keshe. É o reator quw produzir esse plasma? estou bem confusa, pois plasma para a física parece ser um pouco diferente do que é plasma para keshe; Ademais , Keshe parece não falar em nome da física e sim ele fala da física dele, talvez por ele ser independente. Sou de Curitiba e se eu entender bem o propósito desta tecnologia , tenho disposição para me envolver em grupos de Curitiba.

    • O que você acabou de ler é uma visão, talvez uma visão do futuro. Na verdade, não sabemos de verdade quais são os nomes que o futuro dará para estes reatores, mas realmente, segundo Keshe, o formato de um plasma é toroidal, ou de tórus.Sim, o reator transforma gases nobres e algumas nano-particulas em plasma, que por sua vez transforma-se em outras matérias e fenômenos. A Física de Keshe é a física de Keshe. Vai custar um pouco para a Física assimilar estes conceitos. Vá lendo e estudando quanto puder que você vai entender bem as Tecnologias e seus propósitos. Não sabemos se há grupos de estudos de Keshe em Curitiba.

  2. Eu sou psicólogo e funcionário público. Realmente não entendo muito de tecnologia ou Física, mas gostaria muito que esta tecnologia acabasse com a ganância que existe neste mundo, que separa as pessoas. Gostaria que tivéssemos, através deste poder, um mundo melhor para todos, e, a partir daí, as pessoas teriam possibilidades de melhorar o seu mundo pessoal, o seu íntimo, a sua alma, o seu espírito.

  3. genivaldo magalhaes dos santos disse:
    15/03/14

    Eu acho que a gente não tem poder de limitar as pessoas antes de seus feitos, ALbama e outros presidentes americanos já demonstraram isso, sei que tem muitas raposas se vestindo de ovelhas, mas acho que a gente tem que desarmar um pouco
    nossa visão de comparar e achar que pessoas com boas idéias são geralmente malignas. Prefiro esperar e ver o que existe de verdade nessa presente tecnologia, ser humano nenhum tem direito de proibir avanço tecnológico para humanidade. Por que as vezes as pessoas não tem cultura para entender o que significa ciência. Não esqueçam que no cristianismo a igreja perseguiam as pessoas
    que tinham idéias inovadoras, que a terra era o centro do universo tinha que ser o tabu da igreja quem
    dissese ao contrário era considerado bruxo, vamos ter conhecimento das coisas, naõ esqueçam que os
    donos do capitalismo no mundo não querem mudança eles estão acostumado a ganhar dinheiro com petróleo e outros produtos com escravidão de muitas nações, vamos botar a mão no coração e pensar.Obrigado

  4. Temos que tirar das mãos do governo oculto o poder sobre a humanidade, e esse (Keshe e suas tecnologias) é um dos caminhos.
    Vamos em frente, antes que seja tarde.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.