KESHE E SUA FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA

KESHE E SUA FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA

O cientista de plasma Keshe, agora mais conhecido como professor Keshe, respondeu ao pedido do Ministro de Ciência e Tecnologia de Gana quanto a sua especialidade científica, resgatando um documento da faculdade Queen Mary, de Londres, e apresentando-o publicamente, mostrando que estudou nuclear por seis semestres. (veja foto em anexo, que foi achatada para o formato digital).

O professor Keshe diz, no vídeo-resposta, que ele fez isso mais por uma obrigação formal, já que nem sequer possui o diploma original. Ele conta que após receber seu diploma oficial, lançou-o ao vaso sanitário, deixou um tempo e depois puxou a descarga, pois em sua mente já antecipava o fato de que o conhecimento que, para a especialização em plasma que ele realmente iria se dedicar durante 20 anos e fazer suas descobertas, começando com o reator de garrafa de coca-cola, que foi o princípio de toda a tecnologia, ele não iria necessitar daquele diploma, e realmente só os cientistas dos Departamentos oficiais é que o solicitam atualmente. 

Esperamos que Gana ou algum outro país realmente venham a algum dia trabalhar com Keshe, sua Fundação, o Institituto Espaçonave, pois é so o que está faltando para a humanidade começar a mudar, pois vários aplicativos práticos já estão sendo abraçados como úteis e eficientes pelos buscadores do conhecimento sobre o plasma, do mundo inteiro, seja na saúde, na agricultura, na produção de materiais supercondutores a temperatura ambiente, na produção de óxido de grafeno em pó a baixíssimo custo, na economia de energia elétrica e de combustível no mínimo 30%, etc. E muito mais vem por aí, é só acreditar e se informar, nos grupos de estudo e de experimentação do Facebook. 

O vídeo explicativo da solicitação e das respostas está em inglês e pode ser acessado com legenda romeno escolher opção de tradução para o português em:

 

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.